A Física e a Segurança Rodoviária
 
INTRODUÇÃO

Cinco cidadãos portugueses tencionam processar uma reconhecida marca de automóveis por publicidade enganosa!

Durante a concentração anual de automóveis do modelo Summer One de uma conceituada marca americana, alguns dos automobilistas presentes dizem ter sido vítimas de publicidade enganosa. Afirmavam que um dos principais motivos que os levou a adquirir o dito carro, foi o fato de publicitarem insistentemente que a distância de segurança aconselhada é de 16m, no interior dos centros urbanos.

Os automobilistas referem:

Automobilista 1- Afirmava que circulava a 90Km/h e que, mantendo a distância recomendada, não conseguiu imobilizar o veículo em segurança.

Automobilista 2- Refere que também sofreu um acidente de viação quando circulava com chuva, mantendo a distância indicada.

Automobilista 3 - Afirma que no regresso de uma festa de aniversário, onde ingeriu algumas bebidas alcoólicas , apesar de manter a distância de segurança indicada na publicidade, também sofreu um acidente de viação.

Automobilista 4 - Declara que na viagem recebeu um telefonema e que apesar de distanciar-se mais  de 16m do veículo que circulava à sua frente, não conseguiu segurá-lo.

Automobilista 5 - Refere que apesar de manter a distância referenciada, após uma viagem longa de 26 horas, não conseguiu travar a tempo quando se deparou com obras na estrada.

Automobilista 6 - Declara que na visita a um familiar em Castro Laboreiro, deparou-se com neve no percurso e que apesar de se distanciar 16 m do veículo que transitava à sua frente, embateu.

 

   
   
Aventura na Web criada por Dores Cunha apoiado na Texto Editores com