Paz na escola

INTRODUÇÃO

Paz na escola

A escola deve ser vista como extensão do lar. Com sua missão de ensinar, formar, informar e construir uma sociedade mais solidária, justa, humana e, sobretudo, comprometida com o bem estar do cidadão e com o desenvolvimento do estado. É esperança e certeza de dias melhores. Modelo de procedimento ético e de manifestação cultural. Tem muito a ver com família, que por sua vez, deve ser expressão máxima do amor manifestada pela felicidade de todos. Não justifica nem se pode permitir, em sã consciência, que sua função primeira e sagrada seja desvirtuada. Professor, aluno, funcionário e comunidade envolvidos, somando esforços de forma harmoniosa, constroem civilização, qualificação e riqueza. Escola não é lugar de praticar sexo, violência, vícios, uso e tráfego de drogas nem de fomentar desunião, ressentimentos e ódio. A ocorrência de ilícito penal denigre sua imagem, compromete o desempenho e obscurece seu objetivo. Dê sua colaboração. Manifeste seu pensamento. Faça sua parte. Junte-se a nós! Consolidado, o resultado da pesquisa será enviado aos Senhores Presidentes: da República Federativa do Brasil, do Senado Federal, Câmara dos Deputados, das Assembléias Legislativas dos Estados e aos Senhores Governadores e instituições interessadas.

Foi retirado deste slite:

www.contraaviolencia.org



Aventura na Web criada por Stéfanie com