A Violência Doméstica Infantil

CONCLUSÃO

 
 

Com este trabalho, devemos entender que a violência doméstica infantil não pode ser tratada como um "caso sem solução", pois aprendemos que existem Leis que asseguram há segurança e os direitos da criança, sendo elas estabelecidas, também pelo ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente- e como exemplo podemos citar os Artigos 17 e 18 (Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais. Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor), que deixam bem claro que toda criança merece respeito, e todos, inclusive a escola, somos responsáveis pela preservação desses direitos. 

Sendo assim para que não ocorram novos casos, de violência contra a criança e se houverem essas saibam a quem recorrer, procuramos através dessa atividade esclarecer um pouco sobre esse assunto tão presente no nosso dia- a – dia.

 

Espero que tenham gostado!!!


 
 
Aventura na Web criada por Os Freires Da Educação com